Gaijin Sentai – National Kid

Hey hey! Tudo bem com os senhores (as) leitores (as)?

Trago um post simples, mas importante para o blog, afinal trata de um assunto que tem sido ignorado desde que o OtakuSekaii existe! Nada mais, nada menos do que Tokusatsu. Sinceramente, não tenho grande interesse por esse tipo de produção, embora eu tenha me divertido muito com Jaspion, Changeman, Ultraman e, o meu favorito: Jiraya!

Mas atualmente fico mais com os animes e games…e acho que o mesmo ocorre com os outros membros do blog, sendo assim trago um post básico sobre National Kid, um dos “avôs” desse gênero de programa e quem sabe começamos a reparar algumas injustiças históricas praticadas por este blog!

Sejam bem-vindos ao mundo dos incas venusianos, seres abissais e zarrocos do espaço! Essas são algumas das principais criaturas inimigas do badalado herói com as cuecas por cima da calça e que voava com uma pose estranha… Ah sim, curiosamente, a série fez mais sucesso no Brasil do que em qualquer outro país, incluindo o Japão!

Eu conheci a série por causa do meu pai, que assistia quando era criança, e ficava me contando as histórias dos incas venusianos e dos seres abissais, assisti alguns poucos episódios no Youtube, mas confesso que fiquei tentado em comprar o relançamento (obviamente remasterizado) que saiu em DVD em 2009. Chega de enrolação, vamos à série!

Essa é a abertura clássica, na versão brazuca né… A série foi exibida, em terras tupiniquins, de 1964 a 1970, enquanto no Japão ficou no ar apenas entre 1960-1961. A série foi criada por Daiji Kazumine (o mesmo de Spectreman) e o mais interessante é que ela foi produzida por encomenda da empresa National Electronics Inc. (também conhecida como Panasonic), para atuar como ação publicitária, por isso o herói intergaláctico carregava o nome da empresa e um “N” enorme estampado em seu peito!

 A história é a mesma de sempre: um herói corajoso, bondoso  e destemido que salva o mundo! Neste caso, o National Kid era  originário de Andrômeda, e, em uma de suas jornadas  espaciais avistou uma nave dos incas venusianos indo para a  Terra. Preocupado com a situação, resolveu seguir a nave e  investigar o que se passava… começando sua saga em nosso  planeta!

Como todo bom herói, ele também tinha uma dupla  identidade e nas horas vagas vivia como o pacífico e simpático  Prof. Massao Hata. Os inimigos clássicos da série foram os  incas venusianos, liderados pela Imperatriz Aura, e  pretendiam acabar com os humanos pois estes haviam  colocado em risco o planeta com a criação das armas  nucleares.

Já a segunda leva de inimigos, os seres abissais, governados por  Nelkon, estavam revoltados com os humanos por causa ‘da crescente poluição das águas e dos testes nucleares realizados no mar… e por aí vai, existem ainda mais três “temporadas”: O Império Subterrâneo, Os Zarrocos do Espaço e O Mistério do Garoto Espacial. Todas elas carregam algum elemento relacionado com guerras mundiais e energia nuclear, coincidência, não?

Um dos aspectos que achei mais interessantes na série são as coreografias de lutas, que me parecem muito bem ensaiadas, sendo imitadas por inúmeras séries posteriores (incluindo Star Trek):

Mais rápido que os aviões a jato, mais forte que o aço!Super herói invencível, cavaleiro da paz e da justiça…. National Kid!”

See you next space cowboy…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Aways, Live action

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s