Games – Top 10 – 2009

Hey povo!

Sim sim, faz tempo….buuuuuuuuut, ano novo, post novo xD

A partir de uma idéia do Kakashi resolvi escrever sobre os 10 melhores jogos de 2009. Tarefa que no começo foi bastante divertida, mas foi se tornando dificil, uma vez que tivemos um grande número de bons jogos este ano. Sinceramente, acredito que o mais adequado seria fazer um top 10 por console.

Infelizmente, não tenho intimidade com todos os consoles, ou seja, acompanho muito mais a Nintendo e a Microsoft do que a Sony por exemplo, fato que complicaria ainda mais a confecção desse rank. Desse jeito, optei pelo top 10 multiplataforma mesmo, baseado na minha impressão sobre os jogos, criticas da imprensa especializada, comentários em fóruns, videos e afins.

Ao fim do post deixarei uma relação de links dos sites que utilizei e que podem interessar a gamers em geral. Ah sim, também resolvi fazer um top 10 – 2010, ou seja, o 10 jogos que acho que farão mais sucesso neste ano.

Então, let’s rock!!!

#10 – Scribblenauts (DS):  Para começar foi eleito o melhor jogo da E3 de 2009, e olha que jogos como Uncharted 2 estiveram presentes na feira. Sem contar que fazia muito tempo que um jogo para portátil não tinha esse tipo de destaque. Comercialmente bem sucedido, Scribblenauts destaca-se por sua mecânica, ao meu ver, incrivelmente criativa e desafiadora.

No jogo, ambientado em 2D, o jogador, no comando de Maxwell, deve cumprir algumas tarefas, como coletar starites ou ajudar outros personagens. Ok, nenhuma novidade até aqui, mas a grandeza consiste na realização dessas tarefas, para isso o jogador escreve quais objetos gostaria de utilizar e eles aparecem na tela e interagem uns com os outros. Por exemplo, um castor sempre “atacará” uma árvore por perto, árvores podem pegar fogo, chupacabras comem cabras, elefantes atacam pandas e assim por diante. A produtora afirma que existem cerca de 10.000 objetos cadastrados no jogo, e o melhor, foi produzida uma versão em port-br! Enfim, um jogo criativo e divertido que vale a pena conhecer =)

#9 –  Katamari Forever (PS3): A história de Katamari Forever envolve um rei desmemoriado (após cair e bater a cabeça em um planeta) e os esforços do seu filho, o príncipe, em restituir-lhe os conhecimentos perdidos. É claro, antes disso, o príncipe e os seus primos resolveram construir um clone-robô do Rei. Aparentemente não deu muito certo, já que o universo acabou destruído. A idéia aqui é sair rolando uma bolinha através dos mundos, sendo que praticamente tudo o que estiver pelo caminho pode acabar se grudando na katamari.

Tudo isso para salvar a memória do rei! O que conta mesmo é a diversão de um jogo tão inusitado. A primeira vez que vi o conceito de Katamari pensei “quem vai gostar disso?”, depois de jogar uma das versões do PS2 percebi que todo mundo gosta XD

É simplesmente viciante e divertido. Poucas pessoas concordariam com a colocação desse título no rank, mas é um jogo divertido e consistente. Uma mecânica simples mas bem bolada e faz sucesso!

#8 – Final Fantasy XIII (PS3): Oras, por que um jogo desta magnitude está em uma posição tão baixa? Simples, ele parece merecer. Não o joguei ainda, assim minha opinião se baseia nas críticas que li por aí. Indiscutivelmente um dos jogos mais belos e aguardados de 2009. Sendo anunciado desde a E3 2005, causou furor quando foi anunciado para o Xbox 360. Enfim, acredito que não há como questionar a qualidade técnica do time que o criou.

Dezembro de 2009, finalmente temos o lançamento da versão japonesa, 1,5 milhão de cópias vendidas na primeira semana, nota 39 na aclamada Famitsu, e nos reviews….a coisa toda mudou. Uma série de criticas à linearidade do jogo e ao sistema de desenvolvimento dos personagens. Dessa forma, apesar de toda a pompa, a impressão negativa dos jogadores japoneses têm sido muito forte, e isso me influenciou bastante. Não sei se os japoneses são muito exigentes ou se o jogo está ruim mesmo, mas o fato é que muitas pessoas se decepcionaram.
Não estranho isso, afinal a expectativa em torno desse titulo era imensa, mas isso não significa que seja ruim, e sinceramente, o pior FF que já joguei é melhor do muito RPG mediano por aí. Assim, não podia deixar de colocar este jogo no rank, mesmo que numa posição mais humilde. Sobre a história, você já deve saber algo, caso contrário veja o video e terá uma idéia do enredo.

#7 – Dragon Age: Origins (PC): Dragon Age é um RPG (Role-Playing Game) que, embora contenha uma engine própria e tenha sido construído do zero, é considerado o sucessor espiritual da franquia Baldur’s Gate. Embora apresente modalidades multiplayer, o foco do título está no modo campanha, que apresenta um enredo recheado de fantasia medieval.

E bom, é isso, não apresenta nenhuma grande novidade ou revolução. Trata-se apenas de um tema clássico e aclamado, transformado em um jogo consistente e atraente, trazendo os grandes épicos medievais de volta para os PC’s.

#6 – Batman Arkham Asylum (PS3/360/PC): Quebrando o estigma de que jogos de super-heróis são ruins, esse título sombrio e fabuloso traz Batman em sua melhor forma. Graficamente estupendo, com uma jogabilidade perfeita e um enredo interessante e instigante, não poderia ficar de fora do rank.

Neste jogo você deve investigar uma séria de crimes relacionados ao asilo para criminosos insanos e aos respectivos rivais do homem morcego. Uma aventura de pancadaria (com ótima mecânica de lutas), uma pitada de RPG e bastante investigação.

__________________________=_____________________________

#5 – Assassin’s Creed II (Xbox360): Continuação direta do primeiro título, consegue superar o primeiro em todos os aspectos, tornando-se uma das sequências mais aguardadas de 2009. A trama, em termos gerais, você já conhece. O jogador encarna um assassino na Itália Renascentista e deve cumprir missões para prosseguir, como escolta, assalto, espionagem, e, lógico, assassinatos.

Trata-se de um jogo em mundo aberto com um grande número de elementos e personagens interativos, ou seja, é possível fazer quase tudo com o que quer que esteja no cenário. Novamente, gráficos exuberantes e ação desenfreada fazem parte da fórmula de sucesso, além de ambientes imensos e complexos para serem explorados.

#4 – Street Fighter IV (PS3/Xbox360): Quem nunca ouviu falar dessa série pode sair do blog pois está no lugar errado!!! Street Fighter é uma das franquias de jogos de luta mais famosas de todos os tempos, ao lado de Mortal Kombat e King of Fighters. No entanto, depois do imenso sucesso do maravilhoso Street Fighter II, a série sofreu com alguns contratempos. Cheguei a pensar que estava no fundo do poço e não alcançaria seus dias de glória novamente.

Felizmente estava errado, após inúmeras versões 3D mal-feitas e sem sucesso nos consoles novos, a série volta às origens com um visual belíssimo e uma jogabilidade assustadoramente rápida: Street Fighter IV é isso! Jogadores clássicos, golpes inesquecíveis e um visual digno da franquia. Confiram o vídeo e vejam porque o jogo marcou 2009:

#3 – New Super Mario Bros. Wii (Wii): Primeiro título do console da Nintendo por aqui não poderia deixar de ser um Mario. Sempre que jogos como Zelda, Mario e Metroid são anunciados, a lista de GOTY parece se modificar para adaptar tais títulos. Aqui o mestre Shigeru renova o visual clássico, fazendo uma série de homenagens aos jogos 2D da série do encanador bigodudo, com um nível de dificuldade e uma curva de aprendizado condizente com os clássicos.

Mas o destaque está no suporte para o multiplayer online, aliás, quase tudo no Wii fica mais divertido quando jogado em grupo. Dessa vez é possível controlar quatro personagens na tela, Mario, Luigi e dois Toads. Não preciso destacar que tudo vira uma zona com 4 players se pisoteando na tela, mas assim que é bom =D

#2 – Call of Duty: Modern Warfare II (Xbox360): É evidente que a franquia Call of Duty chegou para ficar e inovar nos jogos de guerra, mas este título parece ter sido o divisor de águas, enfim, o responsável por consolidar essa trajetória.

Com 6 milhões de cópias vendidas em apenas um mês, é o FPS de guerra mais bem-sucedido de todos os tempos. E para isso contribuem inúmeros elementos: arsenal diversificado, suporte multiplayer online e local, gráficos *_*, jogabilidade consistente, diversos mapas em tudo quanto é país, inclusive nas favelas do Rio de Janeiro.

O game mantém a narrativa que se iniciou no primeiro game, com o mundo enfrentando uma instabilidade política da Rússia. Com isso, algumas pessoas estão aproveitando a situação para criar um estoque de armas e assegurar a potência militar da própria Rússia. Enfim, um FPS mundo aberto simplesmente brilhante, no qual inúmeras estratégias são possíveis, o seja, diversão garantida por horas a fio.

#1 – Uncharted 2: Among Thieves (PS3): Finalmente chegamos ao campeão!!!

Com os melhores gráficos que já vi na geração atual, Uncharted 2 é um daqueles jogos que chega para redefinir um estilo. Neste caso, os jogos de ação-aventura, terão muito mais com o que se preocupar. Como curiosidade é legal destacar que em nenhum momento o jogo apresenta telas de loading, o que por si só já é um grande feito xD!

Anyway, aqui o jogador encarna Nathan Drake, um explorador à la Lara Croft, mas com muito menos peito =p

O objetivo de Drake é encontrar um valioso item capaz de realizar um desejo de seu proprietário. Mas, obviamente, Nathan não é o único que está procurando o artefato. Explosões são corriqueiras, e grandes!

Inimigos serão encontrados por toda a parte, em ambientes que agora se encontram muito mais variados que os da versão anterior. Mesmo com a possibilidade de enfrentar seus inimigos com ataques corporais ou usando armas, em alguns momentos, é recomendada total discrição.

Em momentos de pancadaria, você pode contar com a habilidade de cobertura, que agora está revigorada e com diversos aprimoramentos. O jogador também pode utilizar suas armas em diversas posições diferentes, algo que facilita os combates. Confira você mesmo alguns momentos:


Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Games

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s